Cannabis Medicinal: Uma polêmica em meio à certeza

Cannabis Medicinal: Uma polêmica em meio à certeza

SAÚDE

Como amenizar e cuidar das anomalias nas peles com Melasmas? Uma condição que atormenta o dia a dia de tantos? Seria essa uma característica passageira comum nessas pessoas, ou uma condição perpétua?… Como elas surgem? E como se livrar desse mal? Quem pode responder a isso é a Dra. Marcela Gouveia, uma verdadeira pioneira na saúde estética no Brasil, com certificações nacionais e internacionais na área da medicina estética.

Nesta entrevista concedida à sua Revista RECREIO EM FOCO Eletrônica, a pesquisadora Dra. Marcela Gouveia nos explica um pouco do seu trabalho verdadeiramente inovador e eficiente. Um assunto que desperta uma enorme polêmica, e que certamente vai deixar a muitos de vocês, nossos assíduos leitores, admirados, curiosos e interessados.

Com mais de 12 anos de experiência no segmento da Saúde Estética, esta jovem profissional é Graduada em Farmácia pelo Centro Universitário São Camilo, Pós Graduada em Vigilância Sanitária pelo Instituto Racine, é ainda, é Doutora em Saúde Pública (pois ela defendeu tese, sim). Docente em pós-graduação e ministrante de cursos livres de procedimentos minimamente invasivos, a Dra. Marcela Gouveia também é Mestre em Medicina Estética, Pós Graduanda em Cannabis Medicinal e Especialista em Saúde Estética. Este é um dos pontos, pois como o tratamento através do Cannabis Medicinal tem surtido excelentes resultados, aqui vai a primeira pergunta:

RF = Dra. Marcela Gouveia, a senhora é de onde?

MG = Eu sou de São Paulo, Capital, e tenho o meu consultório situado no Bairro das Perdizes, zona Oeste. Mas eu atendo à muitos paciente do Rio de Janeiro.

RF = O que é uma Esteta?

MG = Esteta é um ou uma profissional da área da saúde que pode executar procedimentos estéticos minimamente invasivos, como por exemplo, a toxina botulínica e preenchedores. É claro, que o mesmo deve passar por uma pós-graduação da área e ser devidamente registrado, no seu respectivo Conselho de Classe.

RF = Doutora. Muitos gostariam de saber o que é um Melasma?

MG = Simples. O Melasma é uma condição da pele que é caracterizada por manchas com as colorações “amarronzadas”, com contornos irregulares e limites nítidos, que afeta as áreas foto-expostas da pele, principalmente na face. Acometem ambos os sexos, porém, a incidência é maior encontrada nas mulheres (90%) especialmente em idade fértil. Muitas mulheres desenvolvem o Melasma durante a gestação. Sua fisiopatogenia, que é o estudo das doenças físicas, permanece desconhecida, mesmo havendo inúmeros estudos clínicos; ele é multifatorial, mas ainda não se sabe o que de fato desencadeia essa condição.

RF = Como eles surgem?

MG = Não há uma causa definida, mas podem surgir devido ao uso abusivo do sol, por questões hormonais (gravidez) e, também em mulheres que utilizam o anticoncepcional oral.

RF = E tem como remover isso?

MG = Na verdade, o Melasma não tem “cura”, mas é possível tratá-lo para amenizar a visibilidade das manchas na região acometida. O tratamento envolve desde os cuidados da paciente em casa, na sua rotina tanto in (suplementação) e out (tópicos).

RF = E como Esteta, sendo uma especialista em flacidez corporal, no cotidiano clínico de seu consultório, quais são os casos mais comuns e raros que aparecem?

MG = Veja, a flacidez corporal é uma queixa muito frequente, principalmente no sexo feminino. As regiões das queixas mais comuns, com toda a certeza, são as internas das coxas e o bumbum. Mas dentro de toda a minha prática clínica, eu não diria que tenha sido um caso raro, e sim, uma região atípica de queixa, foi o aparecimento do Melasma nos cotovelos.

RF = Você, como a criadora do Protocolo BUMBUM Plus. Poderia nos dizer como aconteceu isso?

MG = Sim, e me orgulho muito em poder falar a respeito; por trás desse protocolo existe uma história muito linda, que envolve uma fase da minha vida em que adoeci e…

RF = O que aconteceu?…

MG = Bom… Eu ainda não consigo falar abertamente sobre o assunto, mas a ideia veio da somatória do que eu passei com a vontade de ajudar as mulheres a se sentirem melhor com seus corpos; e sabemos que o bumbum é uma região que nós, a mulherada, nos importamos bastante. Não é a toa que o bumbum é paixão nacional! – (risos).

Afirma a Dra. Marcela e prossegue:

MG = O Protocolo Bumbum Plus é extremamente seguro e utiliza bioestimuladores de colágeno, produtos com ativos absorvíveis e com baixíssimo índice de rejeição ou até mesmo, alergias. No Protocolo BumBum Plus, nós modelamos o glúteo em 3 sessões, pois não adiantaria apenas colocar o produto de uma maneira aleatória. É mais que isso. Primeiro, é preciso entender a anatomia da região para se criar um bumbum no formato coração e não um bumbum “estufado” como se vê hoje em dia, por aí. O Protocolo BumBum Plus projeta o bumbum, cria o formato, trata a flacidez e a celulite do local.

RF = Nós estamos curiosos para saber como o Cannabis Medicinal funciona nos tratamentos que a senhorita ministra. Poderia falar um pouco sobre isso, por favor?

MG = Pode parecer estranho, mas eu estou cada vez mais, apaixonada por esse mundo lindo que a Cannabis pode proporcionar a milhares e milhares de pacientes, pois os benefícios são enormes. Mas eu ficaria horas aqui, citando. Resumindo: acho que o primeiro ponto é deixar claro que a Cannabis Medicinal não tem nada a ver com o uso “recreativo” da maconha. – (risos) – E é oportuno mencionar que, já está na hora das pessoas terem acesso correto a essa informação, porque isso ainda gera muitos preconceitos, e tudo por conta de uma simples falta de informação. A Cannabis Medicinal tem ações incríveis e de muita importância em patologias como o Alzheimer, o Parkinson, a Epilepsia, a Depressão, a Ansiedade entre muitas outras… E mais: a Cannabis Medicinal tem um efeito anti-inflamatório, ansiolítico e cicatrizante, que melhora a qualidade do sono, aliviando as dores crônicas, o que melhora o quadro de depressão. Nossa… Eu poderia ficar horas falando sobre esse tema, com certeza daria outra matéria linda! – (risos).

E a Dra. Marcela Gouveia continua a sua explanação, de grande valia. Acompanhem:

– Esse é um assunto ainda bastante complexo e que tem muitas barreiras, tanto social como política, infelizmente. Atualmente estamos travando na Justiça, uma batalha com a PL 399. Esse projeto prevê regras para o cultivo, pesquisa, produção e comercialização de produtos à base de Cannabis. Hoje o acesso à Cannabis Medicinal é altamente custoso e exige algumas manobras judiciais, sendo que se trata de uma planta com benefícios incríveis para a saúde pública e que deveria, sim, fazer parte do SUS, pois nos é de direito como cidadãos. Enfim, eu sou uma apaixonada pelos seus benefícios e cada vez mais, a nossa luta é para o bem da saúde de todos. – Conclui.

Como podem observar esta qualificada profissional sabe o que faz, e pode fazer muito pela saúde de muitos.

Entre em contato através das redes sociais:

https://www.instagram.com/dra.marcelagouveia/

linktrr.ee/dramarcelagouveia

 

 

Fontes: Dra. Marcela Gouveia / Google / Instagram

Texto e Copywrite: Theo G Fox

Publisher: Theo G Fox_Publisher da Revista RECREIO EM FOCO Eletrônica

Publishing: Alaíson Nascimento

 

×