Porteiros podem fazer (gratuitamente) o curso com a Operação Segurança Presente

Porteiros podem fazer (gratuitamente) o curso com a Operação Segurança Presente

SEGURANÇA

Os moradores do Recreio do Bandeirantes já podem respirar um pouco mais aliviados quanto à segurança, em seus condomínios e edifícios onde residem, pois os porteiros já podem contar com mais um curso de qualificação profissional imprescindível. As aulas abordam noções de assistência social, desde primeiros socorros a combate a incêndios, além, é claro, da segurança condominial. Esta é uma trajetória sonhada por muitos profissionais do segmento da segurança predial particular: obter uma formação complementar através de um curso sério, ministrado por servidores da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro. Esse sonho já é uma realidade.

O Curso de Porteiros do Programa Segurança Presente ensina noções básicas sobre como funciona a rede de apoio à população em situação de rua, obtendo as noções básicas de segurança predial, e como proceder em situações de primeiros socorros e combate a incêndios.

Um profissional que esteja há anos observando o movimento constante de pessoas e veículos, entrando e saindo, não somente de moradores, sobretudo, de visitantes em um prédio onde trabalha, após uma semana da conclusão do curso, o seu olhar estará ainda mais apurado na portaria. Um ponto específico é o trato para com os entregadores. É preciso muito ‘tato’ e paciência, além de psicologia. Afinal, para garantir uma portaria realmente eficiente é, sem dúvida, um grande desafio. Para superar, é preciso ficar atento para evitar os erros.

E entre os erros mais comuns cometidos na portaria dos condomínios, está a falta de capacitação e treinamento que, por sua vez, é um quesito que pode acarretar em graves falhas, ameaçando a segurança dos condôminos e gerando com isso, constrangimentos e desentendimentos entre eles e os funcionários. Os porteiros devem conhecer e seguir as regras como estabelecidas. Logo, ao oferecer um treinamento adequado, e se assegurar de que os profissionais estão devidamente qualificados para exercer a referida função é absolutamente fundamental.

Durante a pandemia, o movimento de entregas aumenta muito. Portanto, antes de liberar a entrada, é preciso checar se o morador realmente solicitou aquela entrega, ao invés de abrir a porta automaticamente. Os cuidados são maiores e redobrados. Enfim, os porteiros se tornam muito mais atentos.

Quase mil profissionais participaram do último curso on-line de gestão de segurança predial, oferecido gratuitamente pelo Programa Segurança Presente. A próxima turma está prevista para começar em junho. As inscrições já podem ser feitas pelo site do Segurança Presente (www.segurancapresente.rj.gov.br) e ainda, através das redes sociais como o Facebook: Operação Segurança Presente ou o Instagram: @segurancapresente.

Coordenadora do curso, a major da PMERJ Laila Fernanda de Castro Gonçalves explica que ter funcionários capacitados nos prédios é extremamente importante, não só para os moradores e para o próprio porteiro, como também para ajudar os agentes do Programa Segurança Presente.

 

Fontes: Felipe Lucena / diariodoRio.com  / Giga Security

Fotos:   Reprodução/ Giga Security

Edição: Theo G Fox – Editor da Revista RECREIO EM FOCO Eletrônica

×